Fé pública ou má-fé?

VÍDEO: vítimas relatam golpes que sofreram em tabelionato da Capital

Segundo investigação, desvio de dinheiro e sonegação no 2º Tabelionato de Notas da Capital teriam resultado em prejuízo de R$ 1 milhão

Por Eduardo Matos e Humberto Trezzi
01/09/2017 - 23h01min
Compartilhar:

Publicidade

Em um dos mais antigos e tradicionais cartórios do Rio Grande do Sul, o 2º Tabelionato de Notas de Porto Alegre, teria sido identificada a maior fraude registrada até hoje no serviço notarial do Estado. Conforme apuração do Ministério Público (MP) e da Corregedoria-Geral de Justiça, tabeliães que comandavam essa unidade teriam se envolvido em desvio de dinheiro de clientes e de impostos. Até o momento, o cálculo é de que o golpe tenha resultado em prejuízo de R$ 1 milhão.

Leia mais
RS tem 27 cartórios investigados por irregularidades e desvios de dinheiro
Entenda como funcionam os cartórios extrajudiciais
MP aponta fraude de impostos em tabelionato de Porto Alegre

Já foram identificadas 39 vítimas, mas o total de pessoas lesadas pode passar de cem. Os crimes teriam acontecido entre 2011 e 2015. Na época, esse cartório faturava cerca de R$ 1 milhão mensal. Os principais prejudicados seriam clientes que pagaram por contratos ou escrituras falsos, sem qualquer valor legal. Assista, no vídeo acima, ao relato de duas vítimas.

Leia também
Cartório em Canoas tem despesas não comprovadas e altos salários
Com arrecadação milionária, interinos respondem por um terço dos cartórios
Justiça Federal condena tabelião por sonegação fiscal na Região das Missões 

Compartilhar:

Publicidade