Segunda via

Mudança na cobrança dos boletos: 8,4% dos documentos foram afetados em nova fase

Boletos vencidos entre R$ 2 e R$ 49.999,99 podem ser pagos em qualquer banco. Valores inferiores a R$ 2 mil serão liberados para o mesmo procedimento nos próximos meses

13/09/2017 - 13h45min
Compartilhar:
Foto: Carlos Macedo / Especial

Teve início na segunda-feira (11) a segunda fase das mudanças na segunda via de boletos de pagamento.   O novo sistema, implementado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em vigor desde julho, permite que os consumidores paguem boletos vencidos em qualquer agência bancária e qualquer canal. Na etapa liberada nesta semana, boletos com valores entre R$ 2 mil e R$ 49.999,99 já podem ser pagos desta forma, o que corresponde a 8,4% dos documentos emitidos no país, conforme a Febraban. 

Publicidade

Leia mais
Mega Sena pode pagar prêmio de R$ 5,5 milhões nesta quarta-feira
Oi convoca credores para acordo; avalie se é uma boa para você

Boletos com valores acima dos R$ 50 mil (0,22% do total dos R$ 3,5 bilhões que o Brasil emite em boletos por ano), correspondente à primeira fase da mudança da Febraban, já podem ser pagos em qualquer canal. O boleto que os clientes têm em mãos hoje segue válido, com a empresa beneficiada tendo de registrá-lo junto ao banco emissor. A Febraban esclarece que as empresas não são obrigadas a aderirem ao sistema. Nesses casos, entretanto, o pagamento só poderá ser realizado, mesmo antes do vencimento, na agência do banco que emitiu o boleto.

Cronograma da entrada dos boletos no novo sistema:
Boletos de R$ 500 a R$ 1.999,99: 9 de outubro
Boletos de R$ 200 a R$ 499,99: 13 de novembro
Boletos abaixo de R$ 200: 11 de dezembro 

Compartilhar:

Publicidade