Tropeço

Jogadores do Juventude lamentam time desligado no começo do jogo na primeira derrota fora de casa

Mesmo com resultado negativo, Ju segue com a mesma pontuação do líder Guarani

Por Pioneiro
15/07/2017 - 21h26min
Compartilhar:
Time de Diego Felipe (E) não conseguiu furar bloqueio do time cearense após apagão inicial
Time de Diego Felipe (E) não conseguiu furar bloqueio do time cearense após apagão inicial Foto: LC Moreira / Estadão Conteúdo

A derrota por 2 a 0 para o Ceará, neste sábado, não chega a comprometer a campanha do Juventude na Série B. Porém, o que mais incomodou os torcedores Jaconeros foi a forma como o resultado aconteceu, com dois gols em menos de dois minutos e logo no início da partida.

Publicidade

– Entramos desconcentrados e vacilamos no começo do jogo.Isso dificultou toda a partida. Muda o planejamento todo. Precisamos levantar a cabeça e descansar que terça tem um jogo difícil em casa – avaliou o meia Juninho na saída do gramado.

– A gente tinha que entrar como foi no segundo tempo. Mais ligados. Foi uma fatalidade. É pensar na frente, seguimos no G-4 e temos uma grande batalha na terça-feira contra o CRB – destacou o lateral Tinga.

O técnico Gilmar Dal Pozzo lamentou a desconcentração do time que, segundo ele, foi o motivo principal da derrota deste sábado:

– Resultado péssimo, o desempenho não foi bom, principalmente no começo da partida. Entramos desconcentrados. Tentamos equilibrar o jogo e tivemos muitas dificuldades na primeira etapa. O segundo foi equilibrado, mas pagamos o preço pela desconcentração. Foi nossa pior partida até aqui.

Compartilhar:

Publicidade